Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

Hoje não lavo a loiça


Nao, não é uma birra. Quando era pequena dizia "quando for grande, na minha casa só vai haver copos, pratos e talheres de plástico"  a minha mãe achava graça mas mandava-me lavar a loiça na mesma. E eu tenho um ódio de estimação por essa linda tarefa doméstica. 

Moro na terra da água, na vila das aguadeiras e das lavadeiras. Uma vila abundante em água boa, em fontes, que maravilha. Só que não...

Procrastinei o dia todo, andei a adiar a montanha de loiça que tinha para lavar.Porque eu ODEIO lavar a loiça (só para ficar bem esclarecido)

-Lavo antes de jantar. 20 minutos e tenho a cozinha arrumada, não custa nada. ( É algo que digo durante o dia pra ver se depois não dói tanto) 😂

Só que não (de novo)

Respirei fundo, meti o avental e música, contei até 3 e disse em voz alta "Bora lá, não custa nada"

 Abri a torneira e a água saiu devagarinho, muito devagarinho e puff, foi-se. Outra vez um corte de água até á meia-noite. Yuuupi não yupiii.

Ora bolas, agora que eu ia lavar a loiça do dia todo. Que pena.

1536607595122-60577525.jpg

 (É uma vergonha eu sei... Acontece aos melhores ahah)

Parte má da coisa: Não me preveni e os dois garrafões que tenho sempre cheios de água estão vazios. 

Parte boa: Tenho pratos e talheres suficientes para usar no jantar e fiz um almoço grande que sobrou para comer agora. 

Vou jantar e beber sumo. E não lavo a loiça.

(Nem quero pensar na montanha que tenho que lavar amanhã)

Estou a pensar seriamente numa ajudante máquina da loiça cá para casa lá pelo Natal. Se calhar deixo de lavar até lá, era uma alegria para mim uma greve desse tipo, só que depois não tinha onde comer.

Alguém como eu? Ou dicas para a tarefa não ser sempre um pesadelo? Aceito sugestões para quando houver água nesta terra da (falta de) água.

 

3 comentários

Comenta o que acabaste de ler