Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

Meu Aniversário


Lá fiquei um ano mais velha.. o ultimo dos "intes". Depois entro nos "intas"

Os meus filhos acordaram-me com um delicioso "parabéns" e muitos beijinhos, o meu maridão acordou e disse "estás velha". Obrigada meu amor por teres uma sensibilidade de tractor, sei que no meio desses teus comentários, lá bem no fundo não consegues viver sem mim.

Preparámos tudo para sair de casa  e seguir viagem, como prenda de aniversário pedi para irmos visitar a a minha família á terra. Tinha ido no principio do mês mas é sempre uma boa altura para ir. ADORAMOS a paz e o sossego do sitio.

Tomar banho, dar banho aos pequenos, tomar o pequeno almoço e preparar a mala para sair.

Levo uma mochila sempre com algumas coisas para eles se distraírem dentro do carro, brinquedos que eles gostam, água e bolachinhas para o caso de uma fome repentina " que nunca acontece". No porta luvas tenho um caderno A5 para cada um e um lápis de carvão, eles vão a desenhar no caminho até se cansarem, depois cantamos e dançamos. Durante a viagem de 1h15 mais ou menos, eles perguntam 20 vezes se já chegámos, se vai demorar, ameaçam que vão dormir, ainda têm umas 3 discussões, deixam cair o lápis 3 vezes..mas corre sempre bem.

Chegámos e preparámos o almoço, a Tia que eu gosto muito estava já á nossa espera. O meu pai e a minha mãedrasta já lá estavam. Almoçámos todos juntos a contar as nossas histórias da vida. Os meus filhos comeram tudo até ao fim e sem muita insistência da minha parte. A Tia diz que o ar dali abre o apetite :D

Depois do almoço e da Tia nos encher de frutas e gelatina e mais frutas da horta e mais uns figos e melão e salada de frutas e bolinhos, quando achamos que já está tudo a rebentar vamos lavar a loiça do almoço e vamos beber um cafézinho. Eles pedem sempre uma goma de minhoca. eu, redonda e quase a sentir que vou rebolar bebo o meu café e desaperto sempre o botão das calças. AHAHAH

No caminho para casa passamos pelo parque para eles desmoerem o almoço, 10 minutinhos a brincar no parque infantil. O resto da tarde é passada entre fotografias antigas, fotografias mais recentes, sentar no chão da rua a apanhar sol, corridas. A Tia já está velhinha, eles ficam ao pé dela a ouvir histórias e lengalengas, brincam imenso na rua, apanham flores, fazem camas para formigas

IMG_20180922_170729_HDR.jpg

 (fotografias do Rodrigo, foi a unica que se aproveitou. Eu, Matilde no meio a desenhar, vovó a ver e todas a apanhar sol)

Lanchamos, lá vem a tia com mais uma montanha de comida para a mesa. Cantamos os parabéns com um bolo de bolacha que levei feito da minha casa para não dar trabalho, se não levasse nada ela ia fazer um pão de ló ou ia comprar na loja. Enquanto o dia vai passando, primos e tias aparecem para dar um beijinho, é só entrar porque são sempre bem-vindos. A prima da frente comprou 2 pãezinhos para os miúdos porque eles adoram o pão de lá, a prima da rua de trás foi levar umas couves que tinha a mais, a tia da casa ao lado tinha 1 coelho para dar para o jantar.

Ainda recitei um poema que a tia tinha lá guardado, fizemos um teatro, ela fica tão feliz e eu faço-lhe esse miminho.

Já ao cair da tarde começamos a preparar-nos para vir embora. Beijos e abraços a todos. O meu primo entretanto saiu para trabalhar depois de comer o bolo de bolacha que ele gosta tanto.

 Dei um abraço bem apertado á Tia. Como eu gosto dela. Se pudesse ia mais vezes vê-la mas a vida não permite, os horários e a correria dos dias não permitem tais viagens. Mesmo curtas tornam-se grandes.

O dia correu bem, eu acabei o dia super feliz, eles acabaram o dia super cansados. Tão cansados que assim que entram no carro adormecem durante a viagem toda.

Na viagem comeram um chupa, a Tidi adormeceu com o chupa na boca e babou o vestido todo.

No Domingo o meu pequenino lembrou-se que eu não tinha nenhuma prenda e eu disse que a prenda tinha sido ir ver a Tia Matilde e estar com o avõ e com a avó. 

-Deixa-me ir ao senhor das flores.

-Está bem, quando formos á rua passas pelo senhor das flores.

 

-Bom dia sinhor, quero fulores pá mãe que fez anos ontem e é uma penda. Pode ser cudurosa e banca por favor.

 

IMG_20180924_080000_HDR.jpg

 Foi ou não foi um dia bonito? Escrevi porque apesar de detalhes que não preciso de mencionar, o importante está escrito e fica escrito e posso reviver este dia feliz sempre que quiser reler.

 

5 comentários

Comenta o que acabaste de ler