Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

O fantástico mundo do IRS automático


Ora querem lá ver que agora por o shor IRS já não me dá insónias. Aquela dor de cabeça que começava em Abril, onde tínhamos que andar cheios de papeis para trás e para a frente,fazer contas e contas e pensar qual era o quadradinho em que tinhas que inserir X e o número Y. 

Sempre fui uma naba no que toca a estas coisas. Tenho sempre tudo organizado para não me perder nas contas, guardo os papelinhos e nesta altura, quando é para preencher a maldita declaração peço sempre ajuda.

Desde que começou a factura electrónica que já me aliviou metade do peso nas costas com papelada, e ajuda estar tudo já na base de dados e inserido.

E este ano, ouviram todas as minhas rezas e voilá. Chegou o IRS automático. 

Eu achei super simples, maravilhoso.

Entramos e pomos a nossa palavra chave, vamos seguindo os paços (poucos) e pronto, tá feito. 

Como não acredito que a minha nabice foi combatida assim tão facilmente, fiquei na dúvida se é mesmo assim tão fácil ou se fiz alguma coisa mal!