Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

Actividades : Pintainho de pacotes de leite.


Tive a árdua tarefa de fazer um pintainho de um pacote de leite, e tenho tantas coisinhas cá em casa que posso utilizar que a dúvida era mais, o que posso usar do que já tenho?

O Rodrigo veio com este projecto para fazer no fim de semana e deitámos mãos á obra. 

IMG_20180506_162729.jpg

Queria uma pintainha e cor de rosa. TODA rosa. Decidimos que era melhor só fazer as asas e um laçinho.

Ainda usei restos de cortinados que cortei. Aqueles cheios de fitas. Tinha guardado pra fazer coisas destas com eles...fizemos um ninho e relva e minhocas. Aventuras.. eles cortaram os restinhos pra encher o pacote de leite e ajudaram a colar porque era cola quente. 

Entretanto recebi prendinhas do dia da mãe. 

IMG-20180506-WA0001.jpeg

15256210219962080916691.jpg

1525621061621-1217316770.jpg

Bom dia da mãe para todas. E viva os projectos das escolinhas.

Fomos á biblioteca


Gosto de ler para os meus pequenos. Eles adoram livros e querem sempre mais e histórias novas, nem que seja eu a inventar.
Quando nos vamos deitar, temos dias que são eles a inventar uma historia pra nos contar a nós.
As da Tidi têm princesas, castelos, unicórnios, os bebés dela e é tudo cor de rosa e com nuvens fofas. O mundo de encantar dela.
As do Rodrigo têm dragões, carros, dinossauros e princesas numa torre.
Não tenho assim muitos livros, tenho pena que sejam caros. Compro as vezes aqueles pequeninos no Pingo Doce com as histórias e trazem um CD pra ouvirmos.
Tive então a brilhante ideia de entrar na biblioteca do sítio onde moro.
Passo lá quase todos os dias, está mesmo no centro da vila e como estava sem ideias para histórias decidi entrar.
Espaço silencioso como se gosta numa biblioteca, tinha lá uma pessoa a ler o seu livrinho. Perguntei se me podia inscrever e como funcionava a política de requisitar livros. Ora bastou eu dar os meus dados e ainda me perguntou se queria participar na hora do conto ao sábado de manhã, era uma actividade para crianças a partir dos 3 até aos 7. Ia uma contadora de histórias e tudo. Disse que sim, podia ser e a senhora quando tivesse vaga mandava um mail a avisar. Achei uma iniciativa super interessante... Trouxe 3 livros que os deixei escolher.
Adorei a ideia. E viemos para casa todos contentes. 
Recebido o mail fomos a nossa "libioteca" para a hora do conto.. 
Estava cheio de crianças, a ler um livro a fazer um jogo, a pintar. Entrámos para uma salinha acolhedora, tapetes divertidos no chão, um tecto em tecido todo cheio de cores e luzes acolhedoras. Que sala giraaaaa.
A senhora leu um livro sobre as mães serem super heroínas, sabem fazer tudo e têm muitas profissões. Os miúdos atentos á senhora, fiquei radiante com aquilo e feliz por ver os meus pequenos felizes. Eles estavam atentos. A seguir aquele momento de sossego passámos às actividades..
Fiquei espantada. Flores e desenhos para todas as crianças. Iam fazer uma prenda para o dia da mãe. Tesoura e cola em punho dos miúdos e eu pensei que ia haver um desastre com tesouras e cola na mão da Tidi. Portou-se lindamente. Eu cortei claro, e ela apertou cola um bocado mais do que devia mas ficou tão giro. Fizeram um porta chaves. 
 

photostudio_1525533245572.jpg

 

 
Foi uma manhã muito gira, o Pai chegou do trabalho e eles tiveram a contar tudo. O que aprenderam, e como fizeram a prenda. 
Próximo dia de crianças na biblioteca vai haver yoga durante a tarde. Claro que vamos. Fomos hoje entregar os livros e buscar mais.
Apostei em ensinar-lhes algumas coisas durante a semana. Requisitei um altas, um livro de perguntas e respostas e um livro da bruxa Mimi. O Rodrigo já a ouviu na escola e pediu pra ouvir de novo.
Se tiverem um tempinho procurem a biblioteca do sítio onde moram. E requesitem livros para vos forçar a ir lá de novo, nem que seja devolver os que já leram.
Sei que temos agora um ritual novo para preencher uma manhã de sábado e ser sempre diferente.