Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

Coração cheio


Hoje quando se deitou a Matilde tinha "raias" na cabeça!

Penso que seja a maneira dela dizer que tinha dores de cabeça porque acordou eram 6:45.

Como se queixava dos ouvidos também, dei-lhe uns miminhos e um benuron.

E ela antes de dormir, encheu-me o coração.

Mãe sabes, o meu coração está cheio de amor de ti, amo-te do fundo do meu coração, tu és bonita, o teu nome é lindo e eu vou sonhar contigo minha mãe preferida...

Abracei-a com muita força.

Nisto o Rodrigo, já meio a dormir também disse: sonha com arco-iris e unicornios, amo-te muito muito.

Dei-lhe um mega beijo e um abracinho de elefante

Hoje estou cheiiinha de amor!

As donas de casa não fazem nada.


29214f2e82d4edeb5dacb13807cf6070.jpg

(Imagem do Pinterest)

 

Levantar

15minutos para mim( higiene, vestir bla bla)

Preparar o pequeno almoço

Acordar os miudos

Vestir os miúdos( primeira birra da manhã) 

Dar o pequeno almoço (dizer para comerem umas 50vezes)

Meter a tropa a lavar os dentes

Pentear (trancinhas e poupinhas)

Meter os miúdos a ver bonecos

10 minutos a arrumar tudo o que conseguir, por roupa a lavar.

Sair de casa 

Ir apanhar o autocarro

Levar o miúdo a escola

Vir com a miúda para casa(passar pelas compras)

Preparar tudo porque esta a chegar o marido.(ele entra às 5.30 por isso a almoço dele é por volta das 9/10)

Começar a arrumar a casa, lavar a loica, preparar o almoço. Tirar a roupa e estender.

Segunda birra da Matilde porque quer ir para a rua brincar!

Almoçar. 

Arrumar a cozinha.

Dar atenção á rapariga

Ir buscar o rapaz, com a miúda atrás e mais uma birra(tá calor, tá frio, to cansada, doi-me as pernas) 

Trazer o rapaz e a rapariga para casa( tá calor, tá frio, nunca mais chegamos, podemos fazer uma pausa no meio do caminho??? Doi-me as pernas) 

Chegamos

Dar o lanche a todos, fazer para o marido e para mim também que ele está a chegar por volta das 16h.

Mais uma discusao da Tidi (não quero comeeeer) ou do Kiko ( to cheio de FOME de bolachas)

Entreter os miúdos com alguma coisa

Preparar o jantar

Ver se eles ainda não se mataram porque ja estão a gritar.

Estar 5 minutos com o maridão

Ir avisar que não se dá cambalhotas e pulos na cama.

Apanhar a roupa, dividir, mais 15min a limpar alguma coisa.

Limpar o rasto de destruição que os miúdos fizeram com Legos e miniaturas de sei lá quantos bonequinhos.(eles ajudam). 

Ir dar-lhes banho. Mais uma aventura.

Vestir pentear bla bla

Acabar o jantar

Se for dia de jogar, jogam no tablet, senão fazem desenhos, pintam,fazem jogos!

Jantar 

Lavar dentes, fazer o xixi e beber a pinguinha de água.

Polos na cama

Ler uma história(inventar mais umas 2 ou 3)

Dizer até amanhã.

Desmaiar no sofá com o maridão.

 

Isto é RESUMIDO e um dia normal, sem ter que ir á escola de condução, ou sem ter que ir limpar a casa de uma senhora durante a tarde. Ou sem reuniões, consultas, compromissos, pagar contas, fazer contas, decidir o que comer o que vestir. 

7209829c4f98fddb0ffbbbf554de4e70.jpg

Se alguém quiser eu traduzo e tudo!

 

Dona de casa não faz ganha nada!

 

Fada dos dentes já? O que é que eu faço?


O miúdo está com um dente a abanar! E a parva aqui deste lado deitou uma lágriminha quando ele me mostrou cheio de felicidade que o dente abana e que vem a fada dos dentes cá a casa.

Ele tem 4 anos, achei super cedo mas a verdade é que os dentinhos dele também nasceram com 3 meses.. por isso se nasceram cedo caem cedo. Será que não é MUITO cedo? Pensando bem também não posso travar o processo do abanico por isso vamos viver com a situação do meu canininho ficar com uma baliza antes dos 5.

E estou a ficar com um homem, o meu bebé está cada dia maior e mais consciente do mundo. (Snif..)Eu não quero que ele cresça e como só somos crianças uma vez, aproveitei para lhe contar a história da fada dos dentes. (O rapaz não acredita no pai Natal nem no Coelho da Páscoa) 

O mundo imaginário das crianças é tão bonito, fiz questão de pelo menos incutir-lhe a fantasia da fada dos dentes.

Ele perguntou:

-Mãe, como é que a fada dos dentes vai saber que o dente cai?

Ora bem. Isto é uma história adaptada aos tempos modernos por isso nao me julguem, a imaginação daquele momento saiu assim.

Quando o dente cair, toca uma sirene no mundo encantado dos dentinhos, onde vivem fadas pequeninas como a Sininho e a fada rainha que é mãe delas todas. Toca como se fosse a sirene dos bombeiros para dar o alerta que o primeiro dente de algum menino caiu. Quando ela toca, a fada rainha vai ao computador para saber o nome do menino e a morada e vê quais as fadas disponíveis para fazer a viagem porque há muitos meninos no mundo e pode haver mais meninos que tenham perdido dentes ao mesmo tempo que tu.

Ela chama uma fadinha, mostra a morada da nossa casa e manda a fada a voar com pozinhos mágicos e purpurinas.

Aqui sou interrompida -Oh não, purpurinas vão sujar a casa toda! ( pânico de experiências anteriores que ele até foi para a escola com purpurinas na testa e nas calças) 

-Sem stress, são purpurinas mágicas, são fáceis de limpar! (Not)

Continuando.... Ela vem, e trás uma lupa minúscula na bolsinha dela. Quando estiveres a dormir ela tira o dente debaixo da almofada e avalia com a lupa se ele está em boas condições. Vai ver se tens os dented escovados, se comes doces a mais...se tiver bom deixa um miminho debaixo da almofada, se por acaso tiver em mau estado ela avisa-te para tratares bem os outros dentinhos. 

-A fada leva o dente?

-Não, antes levavam os dentes para o mundo encantado dos dentinhos mas agora têm muitos no armazém e só vêm ver se trataste bem dele. Ela deixa cá e assim a mãe pode guardar numa caixinha para sempre. ( Sim, vou guardar! Como é que explicava ao miudo que guardei o dente se a fada o levasse?)

Fim

 

Ele ficou encantado, fez perguntas como " e se ela se perde?" Tive que inventar um GPS incorporado nas asas.

Na maluqueira do dente cair nos próximos tempos, fui comprar purpurinas azuis hoje para espalhar pela casa e vou oferecer-lhe uma carta da fadinha dos dentes a agradecer o bom dente que caiu, vou oferecer-lhe uma escova nova com um copinho e pasta só para ele e uma saqueta com um zomling. ( Ai as purpurinas....)

Agora preciso do vosso feedback meus queridos leitores. Acham que exagero na prendinha? Devo dar outra coisa? Quem jájá pass por isto, o que fizeram?

Estou a aproveitar-me do facto dele acreditar na fada dos dentes para dar asas á minha imaginação. Já que não acredita em mais nada, ao menos tem uma coisinha para o desiludir mais tarde quando souber a verdade.. ahahah

Vi uma mãe unicórnio.


Vi uma mãe unicórnio. Resumindo, vi aquela senhora mãe que tem um bebé de 15 dias, que andam de saltos altos, com a mala, a mala do bebé, um saco gigante de compras, um ovo e uma mantinha. Tudo nos braços. Abriu o seu SUV, pousou delicadamente o ovo do bebé. Arrumou os sacos e malas com delicadeza. Ainda ajeitou o bebé, arrumou a mantinha, tudo no seu maravilhoso salto alto, brincos, cabelo esticado e unha perfeita.

Quando for grande quero ser assim. 

Eu de certeza que vinha já com a língua de fora a arfar e a reclamar com todos os santinhos e orixás. Pousava o ovo com delicadeza mas mandava os sacos e as malas tudo pra dentro do carro, isto tudo no meu belo fato de treino e ténis, cabelo apanhado pra esconder que me esqueci de pentear e nada de brincos ou pulseiras ou unhas.. maquilhagem?? Ahaha piada do Ano. Nem no ano novo me apanham pintada. 

De saltos e toda aprumadinha, com 123traquitanas nas mãos, com a compostura de uma senhora e no seu SUV. Vi uma mãe unicórnio. Já disse que quero ser assim quando crescer?

Ah, reparei nisto tudo porque estava a apanhar a roupa a janela.. sou uma cusca! Mas adorei.. quero conhecer aquela mãe um dia. Como e que ela consegue? Ou sou só eu que não consigo? 

Sei que tenho andado meio parada aqui mas vem ai resumo da semana com muitas aventuras.

Beijinhos.

Disciplina: Mãe


É difícil ser mãe, não há os tais livros de instruções, há umas dicas aqui e ali mas cada bebé é diferente.  Acho que alguém devia de ensinar nas escolas além de educação sexual, algo relacionado com bebés e maternidade ou os cuidados a ter com crianças sei lá. Os requesitos para ensinar era.. ser mãe. Nada melhor que experiências reais tais como controlar feras pequenas e tentar contornar birras ou doidois.  Ensinar que no primeiro banho não se mete gel com espuma e não se aperta a esponja e vem quilos de espuma, em que o miúdo quando sai do banho parece o Pai Natal. (Erro de principiante) Cada dia é diferente e as vezes fico sem saber o que fazer. Preciso de umas luzes para conseguir educar estes seres para virem a ser boas pessoas e com valores. Não quero estar a criar reizinhos e adultos maus como se vêm tanto aí. Quero que sejam felizes e que lutem pelas coisas que querem, que respeitem o próximo.   Desde recém nascidos que notei diferenças nos dois. Ele usou chucha, ela não. Ele teve imensas colicas, eu segui todas as dicas e nada aliviava, ela não. Ele era chorão, ela era mais. Começaram a dormir a noite toda pelos 2 meses e meio 3 meses.Ele é calmo, gosta de estar no seu canto, ela é um furacão e odeia estar sozinha. É uma peganhenta só visto. Ele adora miminhos. Ela tem sempre a resposta na ponta da lingua, ele é mais molinho e tá sempre cansado. Pra andar, pra comer, pra montar Legos. Há coisas que não sei como reagir, não sei se estou a fazer bem mas e a única forma que sei. 

Ontem aconteceu uma situação que bloqueei completamente, fiquei sem saber como reagir, magoou-me o coração. Fiquei parada 5 segundos a olhar para ele e ele para mim, e retirei-me. Não disse uma palavra. Fui pra cozinha chorar. Respirar fundo e pensar em como resolver a situação. Pensei. Recompoe-te mulher, tens que dar o exemplo.

Bem. Estava a escrever unicórnio no livro da Tidi, ela pediu as letras do unicórnio. E o Rodrigo estava a nossa frente.

Ele comecou a copiar as letras ao contrário, como estava no campo de visão dele. Eu vi e disse calmamente, olha filho, isso assim é ao contrário. (Ele ficou chateado, odeia falhar) mas eu tava a tentar ensinar que não era preciso ele ficar assim chateado, é normal porque ele não sabia mas expliquei que se ele visse de frente as letras podia ver melhor, pra vir para o meu lado e ver as letras direitas. Foi ver e como estava frustrado porque se tinha enganado pegou no lápis e mandou pra cima da mesa com força interrompendo-me e gritou Cala-te! 

Fiquei em sentido, magoada e retirei-me como disse.

Recompus-me do choque e fiquei até feliz pela minha atitude, acho que gritar com ele naquele momento ia incitar a discussão e choro e eu era capaz de perder mesmo a paciência pela má educaçao. Como ficamos aqueles 5 segundos a olhar um para o outro eu acho que ele percebeu bem que fiquei magoada. 

O que faço nesta altura?. Pensava eu.

Como é que vou dar o exemplo em conseguir explicar que aquela atitude é feia? Não posso dar parte fraca, tenho que ser mãe agora a sério e não sei como reagir. Instruções please.... Fiquei sozinha a pensar. Uns minutos depois vem ele e eu digo-lhe.

Estou chateada com o que fizeste. Ele desata a chorar e a pedir desculpa.

Pedi-lhe para me explicar porque é que estava a chorar. Percebeu que não se grita assim, nem se manda calar assim uma pessoa. Pedi-lhe pra ele ir pelo seu próprio pe para o cantinho dos 4 minutos, pensar no que tinha feito de mal e se acha que foi uma boa atitude. Veio-me pedir desculpa depois. E percebeu que tem que controlar a raiva porque está a aprender e não sabe tudo. Demos muitos beijinhos, ficamos bem e ele compreendeu que eu não gostei da atitude de mau.

Não sei se fiz bem, não tenho instruções, sera que reagi da melhor forma?. Tô cheia de dúvidas. Devia mesmo de haver uma linha de apoio a mães com duvidas. Uma disciplina No minimo.

Entretanto vem a moça e ao beber o iogurte deixou cair umas pingas com a palhinha. Dei-lhe um paninho pra ir limpar as pingas que deixou cair.

IMG_20180417_175412.jpg

Só vou perceber se eduquei bem, quando eles tiverem 20 anos e isto der frutos de pessoas responsáveis e bem educadas.. estou a torcer pra não estar a fazer nenhuma asneiras daquelas. Ele como consequência foi ontem para a cor laranja e não vai ganhar o livro dos desportos no fim  da semana. 

Isto acontece com vocês? Ás vezes complica