Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

MãeTástica

Tenho 2 filhos com 1 ano de diferença entre eles. Sou mãe, dona de casa e neste cantinho conto as peripécias reais de uma família normal. Entrem comigo nesta aventura

URGÊNCIA nos hospitais


Ontem ouvi uma notícia que me deixou revoltada. Pelo menos 50% das pessoas que vão para as urgências não precisavam de lá ir. 

Andamo-nos sempre a queixar essa é a verdade. Doi-me o dedo, aí a minha garganta, tenho uma unha encravada, ou um não estou muito doente mas preciso de baixa medica pra descansar e mais 100 coisinhas e cocózices. 

Depois vamos para o hospital mas já a pensar que a nossa pulseira não vai ser uma daquelas de despachar, e ficamos 4horas a espera e bufamos a cada número que passa é que não é o nosso.

Se pensarmos bem os médicos dos hospitais devem estar tão fartos de resolver problemas que os nossos médicos de família podiam resolver que depois aqueles casos graves eles desvalorizam e mandam para casa, na verdade têm mais pessoas para atender e os sintomas não inspiram cuidados maiores. Se calhar até é uma constipação ou uma dor de cabeça mas sinceramente deviam de fazer tratamentos  e exames ás pessoas que precisam mesmo e devem de ter dias tão extenuantes só a tratar pessoas que não têm nada, que se aparece alguém pior desvalorizam mandam para casa e infelizmente ouvem-se casos em que acabam por morrer. É triste não é?? Mas a verdade é que isso acontece porque os médicos dos hospitais estão fartos de pessoas mariquinhas de certeza.

A solução é começarmos a usar os nossos centros de saúde. Mas aí também é difícil ficar doente e usar esse serviço a não ser que acordes às 4h da manhã para teres uma consulta. É o que ouço dizer!

Não sei se é assim tao mau o centro de saúde da vossa zona, o meu não é. Tem pessoas á porta as 6 claro que tem. Mas se eu tiver doente ou os meus pequenos, e se chegar lá às 10h consigo arranjar uma urgência para aquele dia e sou bem atendida.

Temos também a linha de apoio da Saúde24, usem essa senhora linha porque quem está do outro lado orienta-nos bem e não precisamos de ir ocupar espaço para as urgências.

Claro que também usei as urgências já umas 3 vezes na minha curta vida. E para os pequenos. Umas borbulhas no corpo todo da Tidi tinha ela 14 meses (alergia á plasticina) uma amigdalite e otite aos 5 meses e uma amigdalite e otite do Kiko. Mas agora já sei os procedimentos e qualquer otite ou amigdalite vou onde?? Ao centro de saúde para serem vistos pela doutora e para termos o antibiótico da matar os bixinhos.

A urgência de um hospital é mesmo isso. Uma URGÊNCIA...  portanto deixemos de ser mariquinhas pessoal e vamos dar trabalho aos doutores nos centros de saúde da nossa zona de residência que tal? Obviamente não estou a contar com as pessoas mesmo urgentes né. Mas a menos que te sintas mesmo às portas da morte, vamos ter consciência e deixar a urgência para coisas urgentes pessoal!

 Muita saúde para todos!